Últimas notícias de economia, política, carros, emprego, educação, ciência, saúde, cultura do Brasil e do mundo. Vídeos dos telejornais da TV Globo e da GloboNews.
Cidades do RS contam com sistema de drive thru para entrega de documentos ao INSS

Iniciativa se fez necessária em razão da pandemia de coronavírus, que mantém as agências fechadas. Mais de 30 municípios já contam com a opção. Com agências fechadas, INSS lança serviço para entrega de documentos por drive thrus no RS Diversas cidades do Rio Grande do Sul contam a partir desta semana com um sistema estilo drive-thru para a entrega de documentos nas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O sistema denominado "Exigência Expressa" é uma alternativa para que os segurados possam cumprir as exigências necessárias à conclusão dos processos em andamento e se faz necessária em razão do fechamento das agências devido à pandemia de coronavírus. A urna para o depósito dos envelopes fica posicionada na porta do prédio do INSS, pelo lado de fora, e está disponível de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h ou das 8h às 14h, dependendo da unidade. As cópias não precisam ser autenticadas em cartório, mas precisam estar legíveis e sem rasuras. De acordo com a relação atualizada nesta segunda-feira (3) pelo INSS, 38 municípios gaúchos contam com o novo serviço. Veja lista completa abaixo. Pelotas Santa Vitória do Palmar Rio Grande Piratini São José do Norte Capão do Leão São Lourenço do Sul Caxias do Sul Bento Gonçalves Canela Farroupilha Garibaldi Vacaria Veranópolis Carlos Barbosa Flores da Cunha Passo Fundo Serafina Corrêa Guaporé Erechim Marau Lagoa Vermelha Espumoso Ijuí Porto Lucena Cruz Alta Canguçu Santo Ângelo Santa Maria Santa Cruz do Sul Caçapava do Sul Júlio de Castilhos Dom Pedrito Quaraí Alegrete São Gabriel Santa Rosa Getúlio Vargas Para não haver contato físico, o INSS informou que a população não receberá protocolo ou recibo de entrega das cópias dos documentos. Também não haverá um funcionário para prestar informações ou orientações no local. Além da documentação solicitada na exigência, é preciso colocar dentro do envelope lacrado o Formulário de Cumprimento de Exigência Expressa. O segurado retira o formulário ao lado da urna e preenche todas as lacunas (nome completo, endereço com CEP, e-mail, data de entrega do envelope e relação de documentos), assinando a autodeclaração de autenticidade e veracidade das informações apresentadas. Não é preciso colocar nenhuma informação do lado de fora do envelope. Não são aceitos documentos originais. A medida não se aplica aos pedidos de antecipação do auxílio-doença. Nesse caso, os documentos só podem ser anexados pelo site. As exigências são emitidas quando a pessoa solicita um benefício ou serviço, mas, durante a análise, é verificada a necessidade de apresentação de documentação adicional para a conclusão do processo. Para saber quais documentos devem ser apresentados, o interessado deve discar 135, acessar o Meu INSS ou ligar para um dos telefones de plantão das agências. Em Santa Rosa, urna já está posicionada em frente à agência do INSS Divulgação / INSS
Mon, 03 Aug 2020 17:28:44 -0000
Municípios da região oeste paraense entram no ‘vazio sanitário’

Calendário de proteção da safra de soja sofreu alterações. Anteriormente, somente Aveiro estava entre as cidades na lista. Plantação de soja Arquivo/G1 Mais 15 municípios da região oeste do Pará entraram no calendário de proteção a soja. O "vazio sanitário" previne e controla a principal praga que acomete as plantações de soja: o fungo Phakopsora pachyrhizi. De acordo com a primeira lista divulgada pela Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), apenas em Aveiro seria respeitado o período. Aveiro entra em lista de municípios onde haverá 'vazio sanitário' da soja O vazio sanitário da soja é um período que varia entre 60 e 90 dias sem plantas vivas de soja na entressafra, que tem como objetivo proteger a plantação da doença conhecida como "ferrugem asiática", capaz de inviabilizar até 75% na produção. No Pará, o vazio sanitário ocorre em três períodos distintos entre os meses de julho a novembro. A primeira etapa da estratégia teve início no último dia 15 de julho e seguirá até o próximo dia 15 de setembro. Também em setembro iniciará a segunda etapa do calendário. "O terceiro período do vazio sanitário começaria dia 1º de outubro e, em conformidade com o Programa Nacional de Controle da Ferrugem da Soja, foi antecipado para 15 de setembro", explicou Maria Alice Thomaz, responsável técnica do Programa Estadual da Soja. No dia 15 de setembro começa a terceira parte do vazio sanitário, que se estenderá até o dia 15 de novembro. Na região oeste, devem fazer parte os municípios de Alenquer, Belterra, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Prainha, Santarém, Uruará, Placas, Rurópolis, Curuá, Faro, Juruti, Óbidos, Oriximiná, Terra Santa, Almeirim. Segundo a lei estadual nº 7.392, a desobediência e inobservância das disposições constantes sujeitam os infratores às penalidades previstas.
Mon, 03 Aug 2020 17:28:43 -0000
Volta às aulas na rede privada do Maranhão: veja fotos do primeiro dia

Entre as principais medidas adotadas para a retomada nesta segunda-feira (3), está o uso obrigatório de máscara, demarcação de espaços públicos e a suspensão do recreio. Retorno das aulas em escolas privadas no Maranhão teve transmissão ao vivo para os alunos que ficaram em casa. Divulgação/Escola Crescimento Pelo menos 50 instituições de ensino da rede privada do Maranhão retomaram, nesta segunda-feira (3), as aulas presenciais no estado. Com adoção do formato de ensino híbrido (com aulas online e presenciais) e não obrigatório, o primeiro dia foi marcado pela adoção de protocolos sanitários determinados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) para a prevenção de novos casos da Covid-19. Entre as medidas impostas, está o uso obrigatório de máscara, suspensão do recreio, demarcação de espaços públicos e aferição da temperatura dos alunos e colaboradores. Na maioria das escolas, o retorno as atividades foi realizado somente com alunos do terceiro ano. Para outros níveis de ensino, a volta às aulas deve ser realizada na próxima semana. PRIMEIRO DIA: Instituições privadas adotam uso de máscara e distanciamento entre cadeiras RETORNO: Como o Maranhão se prepara para retorno das aulas DÚVIDAS: 40 perguntas e respostas sobre a pandemia GUIA ILUSTRADO: Conheça mais sobre o Covid-19 Abaixo, veja do primeiro dia de retomada das aulas em instituições privadas no Maranhão: Com distanciamento entre cadeiras, alunas acompanham aulas no primeiro dia de retomada das atividades presenciais no Maranhão. Divulgação/Mapple Bear Com auxílio de dispositivo digital, professor acompanha os alunos durante retomada das aulas presenciais em São Luís (MA) Divulgação/Escola Crescimento Com número de alunos reduzidos, professora dá aula em escola da rede privada de São Luís (MA) Divulgação/Escola Crescimento Alunos acompanham aula em escola da rede privada de São Luís (MA), no primeiro dia da retomada das atividades presenciais. Divulgação/Mapple Bear Direção das escolas colocaram no chão avisos sobre o distanciamento necessário para a realização das atividades presenciais. Reprodução/TV Mirante
Mon, 03 Aug 2020 17:28:17 -0000
Tribunal mantém condenação do ex-governador Carlos Gaguim a perda de função pública e pagamento de multa

Quatro secretários, uma empresa e um empresário também tiveram as condenações mantidas pelo TJ. Réus foram responsabilizados por contrato irregular de R$ 4,4 milhões para instalação da ouvidoria do estado em 2009. Deputado federal Carlos Gaguim (PTN-TO) durante discurso no plenário da Câmara em abril de 2016 Nilson Bastian/Câmara dos Deputados O Tribunal de Justiça manteve a condenação do ex-governador Carlos Henrique Amorim (Podemos), que atualmente é deputado federal, a perda do cargo e inelegibilidade por oito anos. Quatro ex-secretários, uma empresa de comunicação e o dono da firma também tiveram a condenação mantida por improbidade administrativa. A ação foi iniciada ainda em 2014 e questionava um contrato do governo estadual para a implantação e operacionalização da Ouvidoria Geral do Estado. A primeira sentença sobre o caso saiu em 2017, mas os réus tinham recorrido da decisão de primeira instância. A ação civil pública foi proposta pelo Ministério Público do Tocantins e a condenação foi mantida pela 3ª Turma da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça. O acórdão foi publicado no dia 22 de julho, mas foi divulgado apenas nesta segunda-feira (3). Conforme o MPE, o contrato irregular foi assinado entre o Governo do Tocantins e a empresa Tocantins Market no ano de 2009, mas acabou tendo a vigência prorrogada por mais 12 meses, em 2010. A contratação era para a instalação de uma ouvidoria, mas a Justiça entendeu que os funcionários foram usados para fazer pesquisas eleitorais para Gaguim, que na época disputava a reeleição como governador e acabou perdendo a votação. O G1 aguarda um posicionamento de Carlos Henrique Amorim. No caso da empresas Tocantins Market, o telefone disponível consta como inexistente. Segundo a decisão do TJ, os réus deverão ressarcir integralmente os R$ 4,4 milhões pagos pela contratação irregular, acrescidos de juros e correção monetária. Os agentes públicos também deverão pagar uma multa proporcional de 20 vezes o valor dos vencimentos que recebiam na época. No caso da empresa e do dono da firma, a multa é de R$ 100 mil. A sentença também determinou a perda de funções públicas e suspensão dos direitos políticos dos envolvidos por oito anos. A empresa Tocantins Market fica proibida de firmar contratos com o poder público por 10 anos. Irregularidades do contrato O contrato foi considerado ilegal com base em uma vistoria realizada pelo Tribunal de Contas do Tocantins. Foram verificados indícios de direcionamento de licitação e incongruências nas planilhas de custo apresentadas na licitação. Durante vistoria na sede da empresa, os técnicos do TCE constataram que a quantidade de atendentes e supervisores era muito inferior ao previsto no contrato. Além disso, mesmo no horário destinado ao funcionamento da Ouvidoria, os atendentes estavam realizando ligações para uma pesquisa de intenção de votos. Ainda conforme o MPE, a própria Controladoria Geral do estado abriu uma tomada de contas e constatou que o número 0800 da Ouvidoria nunca tinha sido disponibilizado pelo Governo do Estado no prazo de dois anos do contrato. Nenhuma ligação teria sido recebida pela empresa para execução do serviço de ouvidoria. Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
Mon, 03 Aug 2020 17:26:40 -0000
Bolívia encerra o ano letivo devido às limitações no ensino virtual

Na avaliação das autoridades, estudantes das áreas rurais carecem de acesso adequado à internet, o que lhes impede de ter acesso ao ensino virtual. Profissional de saúde circula com proteção por ruas de Cochabamba, na Bolívia Dico Solis/AP O governo boliviano ordenou no domingo (2) o encerramento antecipado do ano letivo, que duraria até dezembro, principalmente porque os estudantes das áreas rurais carecem de acesso adequado à internet, o que lhes impede de ter acesso ao ensino virtual. "Vimos que é conveniente encerrar o ano escolar. Encerramos especialmente porque a grande maioria da área rural não conta com internet", anunciou Yerko Núñez, ministro da Presidência em coletiva de imprensa. Brasil: pais e educadores temem volta à aula presencial, mas revelam preocupação com indefinição da pandemia "O sistema de fibra ótica, lamentavelmente, só chega às cidades", acrescentou. Na Bolívia, 40% da população vive em áreas rurais. A medida, que entra em vigor a partir desta segunda-feira, supõe a aprovação automática dos estudantes para o ensino superior e garante o pagamento regular de salários aos professores da rede pública. Fumaça de queimadas no Brasil chega à Bolívia e ao Paraguai
Mon, 03 Aug 2020 17:26:31 -0000
Pinguins são soltos em Florianópolis após passarem por reabilitação

Vinte aves foram levadas ao mar, depois de terem sido resgatadas debilitadas no litoral catarinense. Esta é a época da migração da espécie, vinda da Patagônia. Primeiro grupo de pinguins-de-Magalhães é solto em Florianópolis Vinte pinguins-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) foram soltos na Praia do Moçambique, em Florianópolis, na manhã desta segunda-feira (3), depois de passarem por processo de reabilitação. As aves tinham sido resgatadas em praias do litoral de Santa Catarina, vindas da Patagônia, e receberam um microchip com número de identificação antes de iniciaram a viagem de volta para casa. A soltura foi a primeira realizada nesta temporada, e realizada pela Associação R3 Animal, um das instituições que executa o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) no estado. Nesta época do ano é comum o encalhe de pinguins nas praias catarinenses, vindos da Argentina. A migração anual inicia em meados e outono e as aves chegam fracas, debilitadas e às vezes feridas no estado. O processo migratório vai até setembro, quando elas começam a fazer o caminho de volta. A maioria dos pinguins encontrados no litoral estão no primeiro ano de vida e fazendo a viagem migratória pela primeira vez. É comum que alguns tenham dificuldade em se alimentar, se percam dos bandos e fiquem debilitados, indo parar nas praias, explicou a R3 Animal. E há ainda os são capturados incidentalmente por apetrechos de pesca, na chamada 'captura bycatch', ou seja, não intencional. Pinguins foram soltos em Florianópolis nesta segunda Nilson Coelho/R3 Animal Os pinguins foram recolhidos pela R3 Animal e outras entidades envolvidas no PMP-BS no estado, e passaram por reabilitação no Centro de Pesquisa, Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos (CePRAM/R3 Animal), no Parque Estadual do Rio Vermelho, na capital. Após serem reabilitados, os animais passaram por exames complementares e fizeram o teste de impermeabilização das penas. Ainda estão em reabilitação 25 pinguins, que assim que estiverem aptos, também voltarão para a natureza. Caso alguma ave do tipo ou algum outro animal marinho seja encontrado debilitado ou morto na praia, a recomendação é ligar para o telefone 0800 642 3341. Aves passaram por reabilitação em Florianópolis Nilson Coelho/R3 Animal Veja mais notícias do estado no G1 SC
Mon, 03 Aug 2020 17:26:03 -0000
Vazamento de água limpa há uma semana gera indignação de morador em São Carlos

Segundo prefeitura, Saae comprou material necessário para reparo e o problema deve ser resolvido até terça-feira. Moradores de São Carlos reclamam de vazamento de água Um morador de São Carlos, que mora próxima à Avenida Miguel Dhama, está indignado com um vazamento de água limpa desde terça-feira (28) e encaminhou um vídeo à EPTV Central, afiliada da Rede Globo, com a reclamação. Segundo o morador Marcelo José Duarte, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) foi avisado e compareceu ao local, mas nada foi resolvido e a água limpa continuou sendo desperdiçada durante quase uma semana. A prefeitura de São Carlos informou que o Saae fez a compra do material necessário e que nesta terça-feira (4) uma equipe retornará ao vazamento para resolver o problema. Água limpa é desperdiçada em Avenida de São Carlos (SP) por conta de vazamento Imagens Cedidas/Marcelo José Duarte Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.
Mon, 03 Aug 2020 17:25:58 -0000
Governo fala do combate ao coronavírus em SP
Governador Doria dá entrevista coletiva nesta segunda-feira (3). Governo fala do combate ao coronavírus em SP Governador Doria dá entrevista coletiva nesta segunda-feira (3).
Mon, 03 Aug 2020 17:24:08 -0000
Incêndio destrói plantações e sistema de irrigação e proprietário estima prejuízo de R$ 3 milhões em MT
Segundo o proprietário, até essa segunda-feira (3), ainda tinham focos de calor na área atingida. Fogo destrói plantações em MT Uma plantação banana que fica próxima do Rio Teles Pires, em Sinop, no norte do estado, e o sistema mecânico de irrigação da fazenda foram destruídos pelo fogo durante o fim de semana. No sábado (2), as chamas se espalharam por várias chácaras da região até atingirem a propriedade. De acordo com o empresário e dono das terras, Rafael Bianchi, foram mais de 45 hectares da plantação destruídos. Ele estima que o prejuízo total é de R$ 3 milhões. Segundo Rafael, até essa segunda-feira (3), ainda tinham focos de calor na área atingida. Existem muitos troncos de árvores que ainda representam riscos de as chamas acenderem de novo. O empresário responsável pela propriedade rural disse ainda que as pessoas precisam tomar mais cuidado durante o período de seca, pois qualquer fagulha pode causar um estrago grande. O período proibitivo de queimadas em áreas rurais de Mato Grosso vai até o mês de setembro.
Mon, 03 Aug 2020 17:23:47 -0000
Júri inicia seleção de obras para o 47º Salão Internacional de Humor de Piracicaba

Seleção será feita até o dia 5 de agosto; foram 2.577 trabalhos inscritos de artistas de 48 países. Obras serão selecionadas para o 47º Salão Internacional de Humor de Piracicaba Divulgação/SemacTur Após o termino das inscrições, o 47º Salão Internacional de Humor de Piracicaba (SP) convocou um júri para selecionar as obras que deverão compor a mostra competitiva entre os dias 29 de agosto e 29 de setembro. Ao todo foram 2.577 trabalhos inscritos. O júri é formado por Zé Roberto Graúna, artista gráfico; J. Bosco, cartunista; Fred Ozanan, designer gráfico; Helen Sacconi, jornalista; Edu Grosso, artista visual e gráfico; Luccas Longo, artista gráfico e Maria Luziano, ilustradora, terão até o dia 5 de agosto para selecionarem as obras. Neste ano, os trabalhos recebidos foram produzidos por 392 artistas de 48 países como Afeganistão, Alemanha, Bélgica, Brasil, China, Colômbia, Egito, França, Irã, Israel, Japão, Noruega, Turquia, Ucrânia e outros. Entre as obras originais e virtuais foram inscritos 438 caricaturas, 661 cartuns, 548 charges, 295 tiras, 29 esculturas, além de 343 trabalhos na temática Comunicação e 263 categoria Saúde. Cada jurado recebe via e-mail, uma quantidade de trabalhos divididos por categorias. Esses trabalhos serão selecionados com os critérios de originalidade, criatividade, atualidade, técnicas e linguagem do humor. Depois vão ser separados para a avaliação do Júri de Premiação. As obras poderão ser vistas e apreciadas de 29 de agosto a 29 de setembro na Exposição Online. A medida é necessária em atendimento às restrições ao Covid-19. Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba.
Mon, 03 Aug 2020 17:22:31 -0000

This page was created in: 0.02 seconds

Copyright 2020 Oscar WiFi

This website or its third-party tools use cookies, which are necessary to its functioning and required to achieve the purposes illustrated in the cookie policy. By closing this banner, scrolling this page, clicking a link or continuing to browse otherwise, you agree to the use of cookies. If you want to know more or withdraw your consent to all or some of the cookies, please refer our Cookie Policy More info